Como é o Mercado Fitness do Brasil nos dias atuais?
Como é o Mercado Fitness do Brasil nos dias atuais?
Posted by

Como é o Mercado Fitness do Brasil nos dias atuais?

 

Conheça os principais dados do mercado fitness brasileiro e entenda como o profissional de educação física pode aproveitar essa oportunidade de negócio.

Como é o mercado fitness no Brasil? Será que posso apostar num futuro promissor nesse mercado? Onde o brasileiro tem praticado atividade física? Qual é o perfil dos praticantes de atividade física em academias, clubes, estúdios de personal trainer, etc?

Esses são alguns questionamentos que surgem diante da área de Fitness e que vamos responder aqui neste texto.

Mercado fitness do Brasil em números

O Brasil é o segundo maior mercado de academias no mundo, com um número superior a 33.000 unidades registradas na Associação Brasileira de Academias (ACAD Brasil), ficando atrás somente dos Estados Unidos.

De acordo com a International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA), possuímos a quarta maior população mundial que frequenta esses estabelecimentos e estamos entre os 18 países com maior número de academias por habitante, somando mais de 8 milhões de clientes. Mas isso também significa que somente 4% da população brasileira frequenta algum estabelecimento licenciado para trabalhar com a orientação da atividade física.

No que diz respeito ao faturamento, o Brasil está em décimo lugar no mercado fitness, com aproximadamente 2,5 bilhões de dólares, ou seja, algo em torno de 8 bilhões de reais por ano, que corresponde a 0,13% do PIB nacional e 3% do faturamento do setor de serviços.

Evolução do mercado fitness

No ano de 2015, em meio ao turbilhão da crise que vivemos, sofremos uma diminuição no crescimento de nossa economia de forma geral, porém o setor do fitness cresceu 8%. Esse aumento não foi somente pela preocupação com a nossa aparência, mas também pela maior difusão dos benefícios que a prática de exercícios promove na saúde, tanto na prevenção e no rendimento quanto no tratamento de diversas doenças que afetam a população.

Nos últimos anos, o segmento do mercado fitness deu origem a grandes empresas, como as redes de academias Bodytech e a Companhia Athletica que conheceram uma expansão vertiginosa, mas não foram somente os grandes negócios que se destacaram e dominaram o mercado. Pequenas e médias empresas estão surgindo a cada dia com produtos próprios ou franquias não somente de academias, mas de todo universo que a prática de atividade física entra em contato, como, por exemplo restaurantes, vestuários, calçados, alimentação, etc.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising, o mundo fitness tem sido um terreno extremamente fértil para o nascimento e crescimento de pequenas e médias empresas através de franquias. Hoje são mais de 6.000 relacionadas a um estilo de vida mais ativo e saudável e esse setor já corresponde a 8% do total no país, uma evolução de 5% em relação ao mesmo segmento no ano de 2013, que era de apenas 3%.

Para garantir esse crescimento, os modelos de negócios estão se sofisticando diariamente, seja pela infraestrutura apresentada aos clientes ou por conta das diferentes metodologias de treinamento. Agora está em moda frequentar academias mais compactas e especializadas em um determinado tipo de atividade, com sessões de treino mais intensas que combinam exercícios aeróbios e anaeróbios. Esse modelo de negócio já representa 21% do faturamento do setor nos Estados Unidos e, no Brasil, essa tendência começa a se consolidar com o aparecimento de academias e estúdios especializados em treinamento funcional, academia somente para prática de ciclismo indoor, box de CrossFit, etc.

Essas academias menores e com estruturas enxutas conseguem se tornar rentáveis mais rápido que as academias convencionais, pois em muitos casos o investidor começa a ter retorno já nos primeiros seis meses após a abertura. A vantagem para os clientes é o fato de escolherem somente aquilo que querem e num plano com frequência predeterminada com os horários e dias certos em que irá praticar sua atividade física.

Em tempos difíceis como este que o brasileiro está passando, a busca por um preço mais baixo também é um grande aliado para não deixar de cuidar da saúde. E foi assim que a SmartFit, que surgiu em 2009 oferecendo planos a partir de R$59,90, conquistou milhares de clientes. Hoje possuem mais de 250 unidades espalhadas pelo Brasil e estão presentes também em mais 5 países da América Latina.

Conclusão

Na ultima década, o mercado fitness no Brasil conheceu uma expansão vertiginosa, não somente pela busca pelo corpo malhado, mas principalmente pelo aumento da importância dada pelos meios de comunicação para a importância de se buscar uma forma de vida mais saudável, em que a atividade física é um dos pilares para manter a saúde e tratar diversos males.

Os números apresentados pelo mercado nos últimos anos são animadores, mas para que isso pudesse ocorrer, houve uma mudança drástica nos modelos de negócios, com o aparecimento de novos estabelecimentos e novas metodologias, e principalmente uma nova forma de se relacionar com o cliente.

Novos produtos e modelos de negócio surgirão nos próximos anos, sendo assim, devemos nos manter atualizados e sempre analisar o mercado fitness de forma mais profunda. Não somente com a paixão e a vontade de fazer, mas definindo bem qual será o produto, quem são os clientes, qual o investimento que será necessário para alcançar o sucesso e, claro, através de muito trabalho.

 

Raphael Soares –  Fonte: https://www.iespe.com.br/blog/mercado-fitness/

Comments

0 Comentários desativados em Como é o Mercado Fitness do Brasil nos dias atuais? 2096 01 março, 2018 Mercado Fitness março 1, 2018

About the author

Thais Almeida é diretora e curadora de conteúdo deste portal.

View all articles by Administrador

Pesquisar

Cursos

Facebook